Frescas ou secas? Eis a questão quando o assunto é a participação das frutas na alimentação diária. Vários estudos internacionais apontam que tanto umas como as outras têm praticamente os mesmos valores nutricionais, portanto, o seu consumo deve ficar ao gosto do freguês. Em relação às desidratadas, a vantagem é a alta concentração de fibras e demais propriedades, o que torna desnecessária as altas quantidades e se encaixam melhor em dietas. Mas, para isso, é preciso ficar atento a detalhes como a adição artificial de açúcar e de corantes, além da perda de vitaminas, este, sim, um ponto a menos se comparados aos frutos in natura.

Saiba mais em www.mulhercoracao.com.br

 

RUA BOTUCATU, 572 - CJ. 112 - SĂO PAULO - SP - CEP 04023-061
TEL (11) 5908-8385 / E-MAIL: SBCM@SBCM.ORG.BR