Em homenagem ao 30º aniversário da Sociedade Brasileira de Clínica Médica, o Instituto Antonio Carlos Lopes promoveu a exposição “O Brasil na II Guerra – Uma Batalha pela Vida” que trouxe ao público parte do valioso acervo pertencente à Associação dos Ex-Combatentes do ABCDMRR. Foram expostos peças, objetos, documentos, fotografias e símbolos da época capazes de recriar o áspero cenário da guerra e nos transportar para uma realidade na qual o Brasil teve o seu relevante papel.


Entre os anos de 1942 e 1944, foram enviados à Itália 25.834 soldados, entre homens e mulheres, sendo que o Brasil perdeu, nessa empreitada, 454 soldados, além de mais de 12 mil outros afastados por mutilação ou causas incapacitantes, decorrentes da batalha. No local nossos soldados tinham como inimigos, além dos alemães e italianos associados ao nazismo, o território montanhoso, o frio e a fome. Relatos frequentes de ex-combatentes e de italianos que sobreviveram à guerra, mostram que as tropas brasileiras se solidarizaram com o povo italiano, especialmente as crianças, com quem dividiam o pouco que tinham. Assim, até hoje, na região da batalha de Monte Castelo, os soldados brasileiros são reverenciados como heróis.



A cerimônia de inauguração da exposição contou com a participação de autoridades militares e civis, como o General de Divisão Adalmir Manoel Domingos, comandante da 2ª Região Militar, o General de Brigada Médico Sérgio dos Santos Szelbracikowski, Diretor do Hospital Militar de Área de São Paulo, o General da Reserva, Archias Alves de Almeida, o presidente da SBCM, Professor Antonio Carlos Lopes, o ex-combatente, Miguel Garofalo e o pintor italiano, Inos Corradin. Em discurso, Lopes ressaltou a importância de manter viva a história do nosso país e falou sobre a relevância de mitos positivos como os heróis brasileiros da FEB. Após os discursos, o ex-combatente Miguel Garofalo entregou aos agraciados a Medalha Força Expedicionária do ABCDMRR. O presidente da SBCM também outorgou a Medalha do Mérito em Clínica Médica a autoridades civis e militares que muito contribuíram para o engrandecimento da Clínica Médica no país. O Coronel José Rozário Araújo Monti finalizou a cerimônia com uma explanação sobre a história da FEB. 

A exposição ficou aberta ao público de 23 a 27 de julho 2018, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, e contou com a visita de algumas ilustres personalidades como o Tenente Silvino Barbosa de Moura, ex-combatente da FEB, que veio conferir o acervo acompanhado do filho e de amigos. “É imensa a emoção de recebê-lo na exposição, além de uma honra por tudo que fez pela nossa pátria”, afirmou o professor Antonio Carlos Lopes, idealizador da exposição.

 

 

RUA BOTUCATU, 572 - CJ. 112 - SĂO PAULO - SP - CEP 04023-061
TEL (11) 5908-8385 / E-MAIL: SBCM@SBCM.ORG.BR