O café pode ser uma arma de prevenção contra doenças cardiovasculares, como o infarto. Os amantes da bebida podem comemorar, pois seus efeitos vão além: também atua no combate ao cansaço e depressão, melhorando o humor e a disposição.

Para cuidar da saúde, é fundamental atentar-se à quantidade ideal de consumo: máximo de 600 ml diários, 12 copinhos descartáveis, de acordo com estudo recente realizado pelo Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (Incor). Inclusive, segundo os pesquisadores do InCor, algumas substâncias presentes no café podem fazer bem ao músculo cardíaco.



A mesma pesquisa conclui que somente 3% da fruta do café é cafeína. Porém, há diversas outras substâncias, como os ácidos clorogênicos, que apresentam grande potencial antioxidante e correspondem a 10% do grão – assim, neutralizam os radicais livres, uma das causas de grande parte das doenças crônico-degenerativas e cardiovasculares. Para manter todos os outros componentes, é importante não torrar muito o café.

Fumantes, hipertensos e pessoas sensíveis à cafeína precisam ter cuidado, pois pode acarretar no aumento da pressão sanguínea. A este grupo, recomenda-se café com leite.

Para saber mais acesse: www.mulhercoracao.com.br.

RUA BOTUCATU, 572 - CJ. 112 - SĂO PAULO - SP - CEP 04023-061
TEL (11) 5908-8385 / E-MAIL: SBCM@SBCM.ORG.BR